Domingo, 14 de Julho de 2024
16°

Tempo nublado

Sorocaba, SP

Especiais DE OLHO NO PODER

Presidente da OAB é criticada por feministas por assumir defesa de Thiago Brennand em seus processos

Patrícia Valzolini, presidente da OAB-SP e uma das defensoras do empresário Thiago Brennand, passou a ser atacada por parte das fenimistas que entendem que ela não poderia defender Brenannd pelos crimes supostamente praticados contra mulheres. Se os crimes fossem contra homens, os advogados estariam impedidos de defendê-lo? Problema dessas revoltadas é cognitivo.

28/01/2024 às 20h58 Atualizada em 28/01/2024 às 21h10
Por: Redação Sorocaba Fonte: Jair Viana
Compartilhe:
Ao assumir a defesa do empresário Thiago Brennand, a advogada Patrícia Vanzolini, que está presidente da OAB/SP, passou a ser atacada/Fotos:Reprodução de Redes Sociais
Ao assumir a defesa do empresário Thiago Brennand, a advogada Patrícia Vanzolini, que está presidente da OAB/SP, passou a ser atacada/Fotos:Reprodução de Redes Sociais

OBSTUSAS - Os ataques sofridos pela presidente da OAB/SP, Patrícia Vanzolini expõem o ranço do preconceito de uma ala das feministas que se dizem aguerridas e não enxergam a um palmo do nariz arrebitado. Ora, Vanzolini continua a defender as pautas feministas; isto não quer dizer que ela esteja impedida de defender um homem acusado de um crime contra mulheres. Uma coisa é uma coisa e outra é o radicalismo imbecilizado.

 

GOGNIÇÃO – O grande problema de setores de nossa sociedade, imbecilizados por um viés político/ideológico é que essa gente só consegue enxergar aquilo que sua cognição alcança. Essas feministas que criticam, atacam e até xingam a advogada Patrícia Vanzolini, só conseguem ver aquilo que já recortaram do contexto da luta feminista. Elas não conseguem ver nada além daquilo que sua cognição permite. Resumindo: são de inteligência curta. Vanzolini está à frente e não deve gastar sua cultura para dar explicações. 

 

O CASO – O que a presidente da OAB está fazendo é apenas o exercício legal de sua profissão. Simples assim. Professor leciona, mecânico conserta motores e advogada, advoga. Não há nada errado nisso. O profissional do Direito não atua para atender aos interesses de ninguém além de seu constituinte.

 

ABUSOS – Vanzolini entra nos processos de Thiago Brennand num momento crucial. Ele já teve duas sentenças condenatórias por estupro, que somam 18 anos e 6 meses. A questão é que em nenhum dos casos a Justiça agiu com justiça. Os juízes que assinam tais sentenças desconsideraram coisas elementares num processo de estupro. 

 

LAUDOS – Uma dessas coisas elementares é o laudo do Instituto Médico Legal. A vítima violência sexual, em regra, os processos são alimentados por esses laudos médicos do IML, que comprovam a tal conjunção carnal. Nos dois casos em que o empresário foi condenado não há um laudo dessa natureza. O crime de estupro, em geral, não tem testemunhas oculares. Aliás, se aparecesse uma testemunha desse tipo de crime, naturalmente a pergunta imediata seria: você viu e nada fez em defesa da vítima?

 

PREVALECE – Nos casos em questão, de forma literal prevaleceu a palavra da “vítima”. O que se tem nos processos são mensagens de whatsapp dessas “vítimas” trocadas com o seu suposto tarado. Aliás, uma dessas mulheres, depois do “estupro”, encomendou outros seis. Dois desses “estupros” foram pelo “Delivery Brennand sexual services”. A “vítima”, aproveitando viagens do marido, convidou o empresário para fazer sexo em sua casa.
 
FERRARI – A mesma que “contratou” o sexo delivery, exigiu que o “entregador” não fosse com sua Ferrari, pois segundo ela, o carro não tem espaço suficiente para suas estrepolias sexuais. Ora, depois de “estuprada”, a “vítima” pediu o contato do tarado e enviou um toral de 1.553 mensagens de textos, áudios, além de chamadas de voz. É razoável? 

 

ABUSIVA – Já se falou que as “vítimas” mantinham contato com Brennand, mesmo após os suspostos estupros, considerando uma “relação abusiva”. Todas tiveram uma relação abusiva com ele? 

 

DESMENTE – Uma conversa entre Thiago e Karmel, uma das “vítimas”, deixa claro, e o Ministério Público também entendeu que havia um namoro, uma relação fogosa entre os dois. Na conversa, a mulher trata Thiago como o melhor dos homens com quem se relacionou. Juízes manusearam mesmo esses processos ou se basearam nas manchetes dos jornais?

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sorocaba, SP Atualizado às 06h06 - Fonte: ClimaTempo
16°
Tempo nublado

Mín. 14° Máx. 24°

Seg 23°C 14°C
Ter 24°C 13°C
Qua 25°C 13°C
Qui 26°C 15°C
Sex 27°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes